vintage omega watches 1970 audemars piguet royal oak chronograph blue dial price swiss replica watches womens watches on sale old rolex watches price list replica watches uk tag heuer xcaz2011 rolex daytona 6263 big red uk replica watches navitimer world tag heuer grand carrera calibre 17 watch price in india replica watches uk patek philippe vintage tank watch heuer trackmate 1 5 fake watches

SOLAMAC - Sociedade Latino Americana de Especialistas em Mamíferos Aquáticos
SOLAMAC ESPAGNOL ENGLISH PORTUGUÊS
Imprimir

Biblioteca virtual  -  Dissertações de mestrado

Morfologia comparada do crânio e taxonomia das duas formas de baleia-minke (Balaenoptera acutorostrata Lacépède, 1804) (Cetacea: Balaenopteridae) do Hemisfério Sul
- Nome: Alexandre N. Zerbini

- Título da dissertação de mestrado: Morfologia comparada do crânio e taxonomia das duas formas de baleia-minke (Balaenoptera acutorostrata Lacépède, 1804) (Cetacea: Balaenopteridae) do Hemisfério Sul

- Instituição: Departamento de Zoologia, Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo

- Orientador: Dr. Mário de Pinna

- Ano de defesa: 2 de julho de 1998

A baleia-minke, Balaenoptera acutorostrata Lacépède, 1804, apresenta distribuição cosmopolita em ambos os Hemisférios e possui quatro variedades cujo o status taxonômico permanece indefinido. As minkes do Atlântico e Pacífico Norte são alopátricas e estão isoladas geograficamente das duas formas simpátricas do Hemisfério Sul, a baleia-minke-antártica e a baleia-minke-anã. Um estudo comparativo das variações morfológicas e ontogenéticas do crânio foi realizado com o objetivo de estabelecer o nível de diferenciação entre as duas formas do Hemisfério Sul. Um total de 30 exemplares da forma anã e 14 da forma antártica coletados na Argentina, Brasil e Uruguai foram separados em três classes de maturidade craniana (filhotes, juvenis e adultos), medidos e examinados quanto às características morfológicas. Os crânios das minkes-anãs são aproximadamente 30% menores que os das minkes-antárticas. Mais de 55% das medidas proporcionais (em relação ao CBL, n = 49) são estatisticamente diferentes (teste t, a < 0,05) entre as duas formas em todas as classes de maturidade. Caracteres qualitativos de valor taxonômico foram identificados nos parietais e interparietal no vertex, na margem anterior do supraoccipital, na crista lambdóidea, na margem anterior do processo orbital dos frontais, nos processos hamulares dos pterigóides e na borda anterior da fossa mandibular. O crânio da minke-anã se assemelha ao das formas do Norte corroborando estudos morfológicos e genéticos anteriores. O elevado grau de simpatria, a inexistência de indivíduos intermediários e as diferenças morfológicas, genéticas e biológicas demonstram um total isolamento reprodutivo entre as minkes do Hemisfério Sul e comprovam que a minke-antártica deve ser considerada uma espécie distinta, cujo binômio prioritário é Balaenoptera bonaerensis Burmeister, 1867. 



<< Voltar

especialistas

mamiferos

aquaticos

by