SOLAMAC ESPAGNOL ENGLISH PORTUGUÊS
Print

Virtual library  -  Monographs

Caracterização e uso do habitat reprodutivo pela baleia jubarte, Megaptera novaeangliae (Borowski, 1781), no Banco dos Abrolhos - BA
- Name: Cristiane C. A. Martins

- Monograph title: Caracterização e uso do habitat reprodutivo pela baleia jubarte, Megaptera novaeangliae (Borowski, 1781), no Banco dos Abrolhos - BA

- Institution: Fundação Universidade Federal do Rio Grande

- Supervisor: Paul G. KInas & Maria E. Morete

- Year of defense: 1999

O Banco dos Abrolhos–BA, constitui-se na única área reprodutiva conhecida para a baleia jubarte, Megaptera novaeangliae , no Oceano Atlântico Sul Ocidental. O Banco está localizado entre as latitudes de 16o e 19o, apresenta temperatura da água do mar entre 22º e 27º C, profundidade média de 30m e abrange uma área de cerca de 30000 km2 que abrangem o Arquipélago dos Abrolhos (cinco ilhas vulcânicas) e os recifes do entorno. A partir dos dados coletados em cruzeiros de pesquisa, pelo Projeto Baleia Jubarte, entre 1992 e 1998 na área do Banco, verificou-se o pico de densidade de jubartes na área (avistagem por unidade de esforço - SPUE) no mês de setembro, coincidindo com o pico de avistagem de filhotes. Os picos entre os anos estiveram deslocados, em geral 2 semanas. A análise de variância mostrou que os grupos distribuem-se em profundidades diferentes de acordo com a categoria de grupo a que pertencem. A média de profundidade encontrada para cada categoria adotada foi: 1- solitários, 18,9m (dp=7,6), 2- duplas, 18,6m (dp=7,9), 3- grupos competitivos, 19,1m (dp=8), 4- fêmea e filhote, 15,8m (dp=7),5- fêmea, filhote e acompanhante principal, 14,9m (dp=6,8) e 6- grupo competitivo com fêmea e filhote 16,4m (dp=7). Os grupos com filhote ocorrem em águas mais rasas que os grupos sem filhote, a diferença foi significativa (p<0,05) entre os grupos sem filhote e os grupos de fêmea e filhote e fêmea, filhote e acompanhante principal (teste de Tuckey). Os grupos competitivos com fêmea e filhote distribuem-se em águas com profundidades intermediárias às demais categorias. Verificou-se que os grupos que possuem filhote em sua composição encontram-se em maior proporção que os demais grupos até 8 milhas náuticas do centro do Arquipélago de Abrolhos, sendo a diferença mais marcante até 4 milhas. Recomenda-se a regulamentação espaço-temporal do turismo de observação de baleias visando a proteção dos grupos de fêmeas e filhotes.


- E-mail: albuquerquecris@gmail.com

<< Return

especialistas

mamiferos

aquaticos

by